Câmara aprovou adjudicação de obras a mais na Loja de Cidadão de Sátão, 2 meses depois de executadas

0
2020

A loja de cidadão de Sátão foi inaugurada a 13 de outubro mas as obras a mais que ali foram executadas só agora, a 4 de dezembro, foram levadas à reunião de câmara para autorização e adjudicação à empresa Edibest. Ou seja, só dois meses após a sua execução é que a câmara, com quatro votos a favor e três votos contra, decide adjudicar tais obras.

A revelação é feita no facebook dos Eleitos Pela Nossa Terra, de Sátão, em publicação referente à reunião de câmara de ontem.

Com efeito, os vereadores Acácio Pinto, António José Caiado e Paula Cristina Cardoso, revelam que votaram contra “a proposta adjudicação de trabalhos a mais na empreitada “Remodelação, adaptação e ampliação do edifício da GNR para Loja de Cidadão de Sátão” e respetiva adjudicação à firma Edibest.”

E fundamentam o seu voto contra com o facto de se estar a votar uma proposta e respetiva adjudicação depois de “tais trabalhos já estarem concluídos”. Para além disso ainda referem que os respetivos trabalhos a mais ascenderam a “um valor demasiado elevado, 84.126,23 euros”.

Quanto aos timings desta proposta os vereadores referem que a mesma foi “assinada pelo técnico a 29 de setembro (mandato anterior), com o cabimento a ter data de 15 de novembro, com o vereador do pelouro a remeter este assunto para a câmara a 16 de novembro e com a câmara a aprovar, a 4 de dezembro, trabalhos já executados.”

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.