Em Sátão, Casa Campos revolucionou forma de pagamento e aceita Bitcoin em vez de euros

0
2546

A notícia é da plataforma eletrónica “ECO – economia online” e refere-se à Casa Campos, situada na praça Paulo VI, em Sátão, que comercializa, roupas, malas, artigos para casa, sapatos e perfumes, entre outros acessórios.

Com efeito, segundo a ECO, que cita Fábio Campos, “o cliente escolhe o artigo, dirige-se ao balcão para fazer o pagamento e lá encontra uma moldura com QR codes correspondentes a cada moeda que aceitamos. Com a sua wallet digital, por exemplo a Gdax, o cliente faz o scan do QR code a partir do seu telemóvel e realiza a transferência”.

A ECO, refere que “no primeiro dia em que a Casa Campos, em Sátão, passou a aceitar moeda digital como meio de pagamento, esta segunda-feira [8 de janeiro], o filho do dono desta loja de moda vendeu um perfume pelo preço de 22 euros. Mas, ao contrário do que acontece habitualmente, o cliente nem teve de ir ao bolso procurar as notas e moedas para efetuar a compra. Pegou no seu smartphone e, a partir da sua carteira digital instalada no telemóvel, transferiu Ripple na mesma quantidade dos euros do perfume para a carteira digital do lojista Fábio Campos. E a transação ficou selada. Ao balcão. Virtualmente.”

A informação de que esta nova modalidade de pagamento é possível está visível na montra da loja comercial e foi divulgada através das páginas do Facebook da Casa Campos e de Fábio Campos. E foi, aliás, através desta última página que se soube através de um “update” que a Rippler, utilizada para pagar o perfume deixou de poder ser utilizada por ser uma moeda centralizada: “Update: A pedido de vários clientes, serão apenas processados pagamentos com moedas descentralizadas! BTC, ETH, LTC, DASH e ZEC”.

Esta evolução, para a designada criptomoeda, no âmbito do negócio é explicada por Fábio Campos, à ECO, devido ao facto de quererem “alargar os métodos de pagamento à população. As moedas digitais são o método do futuro, veio para ficar.” E acrescenta ainda que “o atual sistema financeiro vai tornar-se obsoleto e estamos já a atualizar-nos a esta nova realidade”.

Fábio Campos refere ainda que “o segredo é manter agora as moedas digitais”, uma vez que os impostos são pagos em euros e é preciso ter “disponibilidade em euros para os pagar” uma vez que o Estado “ainda não tem a sua moeda digital, infelizmente…”, lamenta o vendedor.

Portanto, quando for à Casa Campos, bem no centro da vila de Sátão, na praça, junto à Câmara Municipal de Sátão, já sabe que se quiser adquirir qualquer um dos produtos da variada gama ali comercializada, pode pagar não só em euros mas também em criptomoeda, em Bitcoin.

Fontes: ECO | Fábio Campos | Casa Campos

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.