Na Casa da Ínsua, Chefs de Cozinha, quais artistas, pintaram o queijo Serra da Estrela de várias cores

0
1141
Foto: Dão e Demo

“Este evento, Queijo Serra da Estrela à Chef poderia realizar-se num outro qualquer concelho da CIM Viseu Dão Lafões, com certeza que podia, mas não seria a mesma coisa”.

Foi com esta palavras que Francisco Carvalho o presidente da Câmara Municipal de Penalva do Castelo, o concelho anfitrião desta iniciativa quis expressar aos presentes a circunstância de “a sua terra” reunir um conjunto de características que tornam este evento verdadeiramente singular, como sejam o queijo Serra da Estrela, o vinho Dão de Penalva e a o hotel de charme Casa da Ínsua.

Os seis chefs e o escanção (foto: Dão e Demo)

Esta iniciativa, promovida pela CIM Viseu Dão Lafões, com o apoio da Casa da Ínsua, do Crédito Agrícola do Vale do Dão e do Alto Vouga, a que se juntam o Turismo Centro de Portugal, vai na sua quarta edição e começa a constituir-se como uma das mais importantes marcas na promoção territorial da região pela associação que efetua entre elementos social e economicamente fortes no âmbito territorial.

Desta feita, no dia 17 de março, depois de uma visita à Casa da Ínsua e de um worshop sobre a “A sustentabilidade do Queijo Serra da Estrela”, seis chefs mostraram e demonstraram a inesgotabilidade gastronómica do queijo Serra da Estrela, ao apresentarem mais um vasto leque de possibilidades de combinação criativa entre queijo e lagostim, ou joelho de porco, ou bacalhau, ou codorniz, ou nas misturas agridoces de uma sobremesa que acorda todos os sensores do sabor.

O olhar, esse ficou, igualmente prenhe ante uma combinação perfeita entre a louça da Vista Alegre, concebida para o evento, desta vez não era branca mas multicolor, e os elementos gastronómicos nele inseridos, com elementos coloridos naturais, fossem pedaços de tomate, de ervas aromáticas ou de flores comestíveis.

Os artistas deste menu, chefs de cozinha conceituados, dois deles já estrelas Michelin, explicaram ao vivo o modo e a forma como foi confecionado cada um dos pratos. Tratou-se de Joachim Koerper, João Oliveira (ambos estrelas Michelin), Justa Nobre, Luís Gaspar, Paulo Cardoso e Américo dos Santos.

Uma outra vertente do evento que esteve, igualmente, no centro de todas as atemções foram os vinhos (tinto, branco e rosé) e espumantes do Dão que estiveram à disposição de todos para que cada um, em regime de self-service, pudesse escolher o vinho que iria acompanhar cada um pratos, depois de devidamente “explicados” pelo escanção de serviço, Manuel Moreira.

Se Francisco Carvalho enalteceu o evento e puxou pelos galões do seu concelho, Rogério Abrantes, presidente de Carregal do Sal e CIM Viseu Dão Lafões, enfatizou a importância do evento para o território, no que foi secundado por Pedro Machado, presidente do Turismo Centro Portugal.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.