Orquestra Filarmónica Portuguesa vai ficar sedeada no edifício do Governo Civil de Viseu

0
391
(Foto: Orquestra Filarmónica Portuguesa - Facebook)

A Orquestra Filarmónica Portuguesa, fundada em maio de 2016 por Osvaldo Ferreira e Augusto Trindade vai ficar sediada em Viseu no edifício do Governo Civil.

Quem o revela é o DN com base num texto da Lusa, referindo que “segundo o autarca, a Orquestra Filarmónica Portuguesa ficará sediada no edifício do antigo Governo Civil de Viseu, tendo como condições fazer “dois concertos obrigatoriamente” por ano, e promover o ensino da música.”

O artigo avança ainda que Almeida Henriques, o presidente da câmara de Viseu, frisou que “o senhor maestro [Osvaldo Ferreira] encontrou aqui em Viseu um ecossistema muito conectado com esta vertente da música”, lembrando ainda o autarca que a cidade tem uma orquestra juvenil e um conservatório de música, e que a autarquia está apostada em disseminar o ensino da música por todas as escolas.

O autarca considerou que a decisão de sediar a orquestra numa cidade do interior do país “é uma atitude de generosidade”, admitindo que “é sempre muito mais cómodo estar localizado em Lisboa e no Porto, porque está tudo à mão de semear”, refere a Lusa.

Concerto de Páscoa na Sé de Viseu a 28 de março

Recorde-se que a Orquestra Filarmónica Portuguesa, sob a batuta do maestro Osvaldo Ferreira, irá efetuar no dia 28 de março um concerto de Páscoa na Sé de Viseu, entre as 21:30 e as 23:00, com interpretação dos temas:

Beethoven – Concerto para piano n° 3, em Dó m, op. 37

piano – Luísa Tender

Bach – “Ich habe genug” Cantata, BWV 82

barítono – Rui Baeta

Mozart – Sinfonia n^41, em Dó M, K 551 “Jupiter”

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.