Portuguesa, na Suiça, ajuda a sua terra natal graças ao Facebook

0
1285

Por: António Fonseca (Lausanne, Suiça) – Residente em Savigny, a meia dúzia de quilómetro de Lausanne, Ana da Silva angariou  100 m3 de ajuda para as vítimas dos incêndios em Portugal.

A notícia é avançada pelo jornal 24 horas deste domingo, dia 5 de novembro.

“Eu não podia ficar parada”, referiu Ana da Silva, que em 15 de outubro viu a sua aldeia natal, em Oliveira do Hospital, parcialmente destruída pelas chamas e onde alguns compatriotas perderam tudo.

Quatro dias depois e quando teve a certeza de que os membros da família estavam bem, ela utilizou o Facebook para angariar doações que ela mesmo distribuiria no local.

“Eu não sei nada sobre computadores, então pedi ajuda aos meus filhos. Eu disse para mim: sempre podemos encher  um camião pequeno e eu pagarei o transporte do meu bolso “. As doações começam a chegar e nunca mais paravam. Máquinas de lavar roupa, colchões, roupas e outros produtos não perecíveis acumulam-se na sua garagem completamente cheia.

Mas  Ana da Silva não desanima. Ela pede à empresa de transporte Miloch, em Savigny, onde ela mora, e obtém permissão para armazenar gratuitamente as doações nos armazéns da empresa. Enquanto isso, um amigo disponibiliza camiões portugueses para ela transportar os bens para Portugal.

“Muitas pessoas fecham os olhos, mas não podemos ser tão egoístas”

Duas semanas após a publicação do pedido no facebook, juntaram-se mais de 100 m3 de material. “Algumas pessoas tentaram-me dissuadir no meu projeto, mas eu não consegui desistir das  pessoas que precisam de ajuda”.

Os olhos azuis de Ana da Silva enchem-se de lágrimas. “Minha mãe vive lá em um lar de terceira idade. Eu não podia sentar-me sem fazer nada. Muitas pessoas fecham os olhos, mas não podemos ser tão egoístas”. Seu sorriso reaparece quando ela pensa em todas as pessoas que a ajudaram. Neuchâtel, Berna, Ticino, … as doações vêm de toda a Suíça. No total, mais de cem pessoas participaram. Uma bicicleta de exercício é mesmo parte do lote. “Quero agradecer a todos, com todo meu coração”, diz Ana da Silva. Os documentos aduaneiros estão em ordem e na próxima terça, os camiões virão cargar. E para o carregamento é o club de futebol de seu filho que virá dar uma mão. A partida para Oliveira do Hospital está agendada para quarta-feira, 8 de novembro.

Fonte: Jornal 24 horas, de 5 novembro de 2017

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here