Sátão: Obras, no estádio da Premoreira, eram para 30 dias mas ainda continuam e sem fim à vista

0
1720

Continuam a decorrer as obras de colocação de um novo piso sintético no estádio da Premoreira, em Sátão.

Esta situação tem obrigado a direção da Associação Desportiva de Sátão a efetuar uma enorme ginástica para conseguir efetuar os treinos regulares das suas equipas de futebol, quer da equipa sénior quer das camadas jovens.

Por este facto os treinos têm decorrido em Vila Nova de Paiva, em Aguiar da Beira, em Ferreira de Aves e em Penalva do Castelo com deslocações permanentes, situação que não tem sido do agrado de muitos dos pais dos jovens jogadores bem como de toda a estrutura organizacional do clube, uma vez que são obrigados a andar permanentemente com a “casa às costas”.

Pese embora o campeonato de futebol, da Associação de Futebol de Viseu, da época passada ter terminado em maio, o que é facto é que só a 4 de setembro foi assinado pela Câmara Municipal de Sátão, o contrato, por ajuste direto, por 140.000 euros mais IVA, com a SAFINA, Ldª, sociedade industrial de alcatifas, empresa sediada em Ovar, para a realização da obra “beneficiação do estádio da Premoreira”, conforme documento a que Dão e Demo teve acesso.

Registe-se que o contrato previa como “prazo de execução 30 dias”, data que neste momento está já esgotada sem que as obras estejam concluídas.

Para além dos incómodos resultantes para os treinos, igualmente, os jogos do campeonato também têm sofrido ajustamentos com as consequências negativas para o clube. Os jogos da ADS, como visitada, têm sido efetuados no campo dos adversários por troca com a segunda volta, com exceção de um dos jogos que foi transferido para Vila Nova de Paiva, por indisponibilidade do adversário para essa permuta.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.