Sátão: Preço dos míscaros variou entre os 15 e os 30 euros

0
2131

Numa tarde soalheira, mas fria, o grupo Sons do Minho, aqueceu a plateia que se juntou no largo de São Bernardo, em Sátão, em mais uma edição da feira do míscaro. Antes, tinha sido o Grupo de concertinas de São Miguel de Vila Boa a animar o certame e a dar os primeiros acordes da tarde.

Mas o centro dos acontecimentos foram os míscaros e esses começaram desde manhã a ser comercializados em vários stands a preços que variavam entre os 15 e os 30 euros, dependendo de ser mais ou menos abertos e já arranjados ou ainda com a terra por tirar. Depois era o normal, os compradores e os vendedores iam regateando até chegarem ao preço de venda.

Mas para além dos míscaros muitos outros produtos poderiam ser adquiridos nos inúmeros stands disponibilizados pela câmara municipal de Sátão, a promotora do evento. Desde o pão, ao bolo de azeite, filhós e sonhos, enchido, feijão, compotas, licores diversos, queijo, figos secos, artesanato, arranjos de Natal e tantos outros.

A prova dos míscaros foi também um dos momentos mais aguardados por todos e o magusto foi o epílogo de um dia que se iniciou a partir das dez horas com uma visita do presidente, Paulo Santos, e demais autarcas aos stands.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.