Tem 61 anos e ficou com pulseira eletrónica por violência doméstica.

0
535

O Comando Territorial de Viseu da GNR, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Especificas, no dia 3 de janeiro, deteve um homem de 61 anos, no âmbito de um processo de violência doméstica, por detenção ilegal de armas, na localidade de VISEU, revelou a GNR através de comunicado.

No decorrer de uma investigação por violência doméstica, em que o visado, para além de agredir física e verbalmente a sua esposa de 56 anos, é suspeito de ter ameaçado a vítima com recurso a uma de fogo, culminou na realização de uma busca domiciliária, onde foi apreendido: uma arma de fogo transformada; um revolver; uma caçadeira; um revolver de alarme; uma arma branca; uma arma de ar comprimido; dois bastões de madeira; 250 munições.

O detido foi presente, ontem, dia 4 de janeiro, ao Tribunal Judicial de Viseu, onde lhe foi aplicada a medida de coação de proibição de contacto com a vitima e afastamento da mesma, com recurso a pulseira eletrónica, revelou a GNR.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.