Ampliação das urgências do Hospital de Viseu será desbloqueada no verão

0
314
Hospital de Viseu - entrada para as urgências (Foto: Dão e Demo)

Ministra garante que obra de ampliação das Urgências do Hospital de Viseu estará desbloqueada antes do Verão, revelou a autarquia de Viseu através de nota pública.

O Presidente da Câmara Municipal de Viseu, Almeida Henriques, reuniu esta segunda-feira, 29 de abril, com a Ministra da Saúde, Marta Temido. Em cima da mesa estiveram diversas matérias de interesse para Viseu e a região, nomeadamente as obras de ampliação das Urgências do Hospital de São Teotónio e o projeto de instalação do Centro Oncológico em Viseu, refere a nota publicada no site da câmara.

“Nesta reunião, na qual participaram também o Secretário de Estado Adjunto e da Saúde e a Presidente da Administração Regional de Saúde do Centro (ARS Centro), Almeida Henriques manifestou-se preocupado com os avanços e recuos em projetos de premente necessidade para a cidade-região”, refere a nota.

Sobre a ampliação do serviço de Urgências do Hospital de São Teotónio, o processo estará em vias de ser desbloqueado, de acordo com Marta Temido, na sequência de uma resolução do Conselho de Ministros que enquadra uma solução para se avançar com o projeto, refere-se ainda.

“A Ministra da Saúde mostrou-se convicta de que o assunto estará resolvido antes do Verão, depois de uma resolução do Conselho de Ministros que enquadra a solução, designadamente a contrapartida nacional e o modelo para o desenvolver”, explicou Almeida Henriques, lembrando da necessidade de dar uma “resposta efetiva ao crescimento tão significativo do número de utentes que acedem às Urgências do Hospital de Viseu e, ao mesmo tempo, impedir a deterioração de um serviço com trajeto de excelência”.

A Ministra da Saúde garantiu ainda que “dinheiro dos fundos comunitários que a própria região disponibilizou, não será perdido”, refere a nota publicada.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.