Assembleia de Freguesia de Viseu aprovou voto de reconhecimento e louvor a Paula Cardoso

0
631

Apresentado pelo CDS, o voto de reconhecimento e louvor pelotrabalho desenvolvido por Paula Cardoso, aquela que foi a diretora do MuseuNacional Grão Vasco de fevereiro de 2017 até final de novembro de 2018, foi aprovado por unanimidade.

O voto, apresentado por Carlos Cunha, foi aprovado na sessão da Assembleia de Freguesia realizada hoje, dia 10 de dezembro, e fundamenta-se na “sua permanente disponibilidade no sentido de colaborar e promover diferentes formas de arte, artistas e instituições, entre as quais se inclui a Freguesia de Viseu”. O voto aprovado por unanimidade refere ainda “a qualidade do serviço prestado enquanto Diretora do MNGV”.

Eis o teor integral do voto aprovado:

Paula Cristina de Almeida António Cardoso, nascida a 22 de agosto de 1974, natural do Concelho de Sátão, foi nomeada, em regime de substituição, para exercer o cargo de Diretora do Museu Nacional Grão Vasco, a 1 de fevereiro de 2017, por despacho de 27 de janeiro de 2017, da Diretora-Geral do Património Cultural, tendo concluído as suas funções no dia 30 de Novembro de 2018, em virtude do lugar de direção ter sido ocupado por nova titular, em resultado de procedimento concursal.

Em relação ao seu percurso profissional, Paula Cristina Cardoso exerce funções profissionais de técnica superior do Museu Nacional Grão Vasco, desde junho de 2008, integrando os quadros da Direção Geral do Património.

Ao longo do seu percurso profissional, destacam-se as seguintes funções desempenhadas:

 Coautoria da publicação Relicários – Coleções do Museu Grão Vasco (2012).

Responsável pelas áreas de Recursos Humanos e Administração Geral do Museu Nacional Grão Vasco, desde 2014;

Colaborou de modo direto na planificação e execução da programação referente às Comemorações do Centenário do MNGV – 2016.

Foi ainda membro da comissão organizadora dos Congressos Habitar Património Viseu:

Ao tempo de D. Miguel da Silva (novembro 2014);

Ao Tempo de Vasco Fernandes (setembro 2015);

Ao tempo de Almeida Moreira (maio 2016).

Integrou a Comissão organizadora do Encontro de Outono do ICOM – realizado a 29 de outubro de 2016 no MNGV.

Atendendo ao percurso profissional de Paula Cristina Cardoso, em particular às funções exercidas, durante os últimos 21 meses, enquanto Diretora do MNGV, e considerando ainda a sua permanente disponibilidade no sentido de colaborar e promover diferentes formas de arte, artistas e instituições, entre as quais se inclui a Freguesia de Viseu, o CDS propõe, na reunião ordinária da Assembleia de Freguesia de Viseu, realizada em 10 de Dezembro, que seja atribuído um voto de Reconhecimento e Louvor a Paula Cristina Cardoso, reconhecendo assim a qualidade do serviço prestado enquanto Diretora do MNGV no período compreendido entre 01 de Fevereiro de 2017 e 30 de Novembro de 2018.

Do presente voto seja dado conhecimento à própria, à Direção do MNGV e ainda à Direção Geral do Património Cultural, a cujos quadros pertence.

Viseu, 10 de Dezembro de 2018

O representante do CDS na Assembleia de Freguesia de Viseu

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.