Aumento das propinas do IPV são contestadas pela JS de Viseu

0
617
Vista aéreea Instituto Politécnico de Viseu (Foto: IPV)

A JS Viseu, através de comunicado, contesta o aumento das propinas no Instituto Politécnico de Viseu. A JS lamentou que “a associação que representa todos os alunos do IPV não tenha tomado conhecimento desta proposta antes de ter sido apresentada a votação, fazendo com que os estudantes tivessem sido apanhados de surpresa”.

A Concelhia de Viseu da Juventude Socialista reuniu, no passado dia 16 de julho, com a direção da Associação de Estudantes do Instituto Politécnico de Viseu. Entre outros assuntos relativos ao atual contexto do ensino superior em Viseu, a questão da aprovação pelo Conselho Geral do Instituto Politécnico de Viseu de um aumento das propinas no valor de 50 euros, já no próximo ano letivo, foi o principal tema abordado.

A Juventude Socialista lamenta que a associação que representa todos os alunos do IPV não tenha tomado conhecimento desta proposta antes de ter sido apresentada a votação, fazendo com que os estudantes tivessem sido apanhados de surpresa.

“Numa altura em que o caminho devia ser o de reforçar as medidas que tragam alunos para as instituições de ensino superior do interior, medidas como esta vem colocar em causa todo esse esforço”, dizem os jovens socialistas.

Para terminar, a JS Viseu apela a que a direção do IPV opte por desenvolver estratégias que aproximem o IPV da comunidade, e em particular dos alunos do ensino secundário, visando o preenchimento de todas as vagas disponíveis na instituição. “Essa também seria uma forma de aumentar a receita proveniente das propinas sem aumentar o valor das mesmas”.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.