BE questiona governo sobre deposição de lamas em Canedo, Mangualde, e em Calde, Viseu.

0
800

O Bloco de Esquerda questiona o Governo sobre as lamas, provenientes de várias ETAR, e que estão a ser depositadas “há mais de três anos na aldeia de Canedo, concelho de Mangualde”, bem como sobre as lamas da ETAR de Viseu Sul que estão a ser depositadas em Calde.

A deputada do BE, Maria Manuel Rola, responsável pelas perguntas dirigidas ao Ministro do Ambiente, questiona “como pretende o Governo garantir uma resposta que garanta a qualidade de vida e saúde pública da população” e ainda “qual a licença ambiental da IAC Ambiente S.A.”, que segundo a pergunta do BE é a empresa reponsável por tal deposição.

Na pergunta o BE refere que a população de Canedo vive a poucas centenas de metros do local e segundo a imprensa local queixa-se do cheiro “intenso e nauseabundo” e da consequente invasão de insetos. Um habitante de Canedo diz que “os camiões passam carregados de lama atravessam a localidade sem qualquer tipo de cobertura e até deixam cair lama pelas vias onde passam, o ar é irrespirável.”

Acrescenta ainda a deputada que “a situação arrasta-se desde 2015 e o assunto já foi comunicado ao Ministério do Ambiente através de um abaixo-assinado em agosto de 2016. Depois destas denúncias, o local foi inspecionado pelas autoridades competentes, nomeadamente a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro, Ministério do Ambiente e GNR, sendo que o processo foi arquivado por alegadamente não estar em incumprimento com as normas exigidas, mas o mau odor e a propagação de insetos continua.”

Por seu lado “em Calde, no concelho de Viseu, existe um descampado onde estão a ser depositadas lamas provenientes da ETAR Viseu Sul, o local chegou a ser selado pela GNR, mas o problema persiste”, refere a deputada, que acrescenta que “segundo informações que nos foram transmitidas a empresa responsável pelo transporte para estes dois depósitos de lamas é a IAC Ambiente S.A.”.

As perguntas que a deputada coloca são ao ministro do Ambiente são: 1. Tem o Governo conhecimento das situações supracitadas?; 2. Quais os resultados das diferentes inspeções das autoridades competentes?; 3. Como pretende o Governo garantir uma resposta que garanta a qualidade de vida e saúde pública da população? 4. Qual a licença ambiental da IAC Ambiente S.A.?

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.