Bloco de Esquerda quer a “abolição imediata” das portagens na A24 e A25

0
(Foto: Google)

Através de dois projectos de resolução que deram entrada na Assembleia da República o Bloco de Esquerda quer a “abolição imediata da cobrança de taxas de portagem em todos os troços da A24 e A25”.

Diz o BE que prosseguir com as portagens “significa persistir num erro muito negativo para o interior norte do país, particularmente para os distritos de Aveiro, Viseu e Guarda”.

Na fundamentação para esta proposta o BE refere que são auoestradas que “servem essencialmente o interior do país, onde o poder de compra dos cidadãos é mais baixo e onde as alternativas rodoviárias ou outras praticamente não existem”.

Referem ainda os bloquistas que a introdução das portagens nessas duas auto-estradas “se revelou muito injusto e penalizador para populações e empresas dos distritos atingidos”.

O Bloco avança ainda que mesmo com a cobrança das portagens o Estado paga às concessionárias anualmente “vários milhões de euros”.

Finalmente referem que “o primeiro-ministro António Costa, antes das eleições legislativas de 2015, prometeu eliminar as portagens nas ex-SCUT do interior do país e no Algarve, mas lamentavelmente até aos dias de hoje ainda não cumpriu o que prometeu e palavra dada deve ser palavra honrada”.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.