Cine Clube de Viseu efetua balanço de 2018

0
393
(Foto: Cine Clube de Viseu)

Através do seu site, o Cine Clube de Viseu deixa uma nota com balanço do ano que agora finda elencando as principais atividades que foram levadas a cabo em 2018.

Começa por apresentar os vários convidados do Cine Clube que passaram por Viseu referindo que “visitaram Viseu para partilhar com o público conversas e filmes, como MANUEL MOZOS (Ramiro), LUÍS FILIPE ROCHA (Rosas de Ermera), ACÁCIO DE ALMEIDA (Colo), JORGE SILVA MELO (Mónica e o Desejo), ANABELA MOREIRA e JOÃO CANIJO (Diário das Beiras), PAULO ABREU (I Don’t belong here). O cineasta catalão JOSÉ LUIS GUERIN foi protagonista da sessão de abertura do vistacurta 2018, e apresentou no Cine Clube o título mais recente da sua filmografia (A Academia das Musas)”.

De seguida a nota publicada refere as ações desenvolvidas no âmbito do projeto “cinema para as escolas” referindo que “continuam a aproximar o cinema e os mais jovens, com participação de 40 escolas e dois mil alunos, ao longo do ano, desde os jardins de infância ao ensino superior”.

A revista Argumento, publicada trimestralmente pelo Cine Clube de Viseu, também teve uma palavra de destaque. Quanto a esta o Cine Clube refere que “valorizando a divulgação e debate do fenómeno fílmico, o Cine Clube publicou 4 números do ARGUMENTO em 2018, com um dos números dedicado a Ingmar Bergman, em ano de centenário do cineasta sueco. O ARGUMENTO está, desde este ano, disponível também para assinantes”.

Finalmente o Cine Clube refere a sua ligação à rede cultural Viseu Dão Lafões deixando expresso que manteve “a atividade de exibição cinematográfica na região pela mão da REDE CULTURAL VISEU DÃO LAFÕES, em 14 municípios”.

AGRADECIMENTO

O CCV quis, igualmente, nesta sua nota, expressar “o seu agradecimento, a todos os associados e amigos, pelo apoio dispensado à atividade, garantindo que Viseu continua a pertencer ao conjunto de cidades com acesso a um panorama audiovisual de referência”.

“Não é apenas a constância do apoio do público e associados em especial, ou uma média de espectadores que se mantém muito positiva. Se há algo que nos deixa verdadeiramente contentes, é a qualidade da relação que se criou entre todos. Um público generoso, activo, participante e exigente. Obrigado a todos”, concluiu o CCV.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.