[Cinema] Roma, de Alfonso Cuarón

0
295

Roma (2018)
por: José Pedro Pinto*

“o caos da vida, meticulosamente encenado”

Ser realizador de um mundo soa a trabalho árduo, e no entanto é isso que Cuarón faz em ​Roma​. Sempre com uma objetiva grande angular na sua câmara digital de 65mm – o que permite um enorme ângulo de visão sobre os espaços – Cuarón encena os atores, o espaço que habitam, o que se passa fora das suas janelas, o som dos vizinhos e dos aviões ao longe; encena as pessoas, carros, edifícios e sons das ruas por onde passam; encena a meteorologia – a luz, perfeita para cada cena, a chuva, o vento, o granizo, o mar bravo – e deixa tudo focado para podermos desviar o olhar e reparar nos detalhes do seu mundo. No entanto, olhamos para o que ele quer, porque ele sabe dirigir o nosso olhar – é o caos da vida, meticulosamente encenado.

O trabalho de direção de arte é excelente. Os cenários, os carros que passam, as ruas decoradas, as roupas e posturas de centenas de pessoas que percorrem a Cidade do México: diferentes, lógicos, adequados ao período histórico do filme (anos 70), mas ainda mais um método subtil de caracterização do tempo e das personagens. De facto, até é difícil falar em personagens​, quando todas parecem ​pessoas – o trabalho de atores é assombroso. Cuarón encena frequentemente muitos atores em cena em simultâneo, cada um com as suas ações e espaços, e conta em entrevistas que terá omitido deliberadamente a uns o que outros iriam fazer, para os obrigar a reagir – como acontece na vida.

O trabalho do som e da imagem é igualmente espantoso, e lembra as potencialidades expressivas do trabalho sonoro de elementos que não estão na imagem, e do uso da encenação em profundidade, que permite ver em simultâneo várias ações diferentes, em várias distâncias – ambas possibilidades pouco exploradas no cinema que chega às salas comerciais, e que Cuarón mostra ainda serem válidas e expressivas. ​​***1⁄2

*Artigo originalmente publicado na edição de 21 de Dezembro do Jornal do Centro.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.