Concelhia de Viseu do CDS sai em defesa de Hélder Amaral, contra os ataques de Pedro Borges de Lemos

0
540

Da comissão política concelhia de Viseu do CDS-PP recebemos o comunicado que transcrevemos de seguida em que se “repudia veementemente o teor das declarações proferidas pelo militante Pedro Borges de Lemos, da Tendência CDS XXI” relativas ao deputado e presidente da distrital do CDS, Hélder Amaral.

O comunicado acusa ainda Pedro Borges de Lemos de utilizar um “discurso populista, xenófobo e racista”.

Eis o teor, integral, do comunicado da comissão política de Viseu do CDS-PP, emitido hoje, 3 de setembro:

«A Comissão Política Concelhia de Viseu repudia veementemente o teor das declarações proferidas pelo militante Pedro Borges de Lemos, da Tendência CDS XXI, sobre o deputado centrista Hélder Amaral, presidente da CP Distrital de Viseu e membro destacado desta concelhia.

O discurso populista, xenófobo e racista daquele senhor, que nunca passou pela sede do partido em Viseu, está muito afastado da matriz democrata-cristã e social que se encontra na génese centrista e que esta concelhia procura levar à prática na ação política quotidiana.

Por outro lado, o dito senhor fica também informado que, enquanto esta CPC estiver em funções, jamais haverá qualquer tipo de aproximação ou diálogo, enquanto o mesmo não se retratar e pedir desculpas públicas pelo teor da verborreia proferida e que a nós CPC muito nos envergonha e choca por não aceitarmos que a cor, a origem do nascimento ou o estrato social se assuma como condição para se ser militante, dirigente ou eleito pelo CDS. Quando assim acontecer deixarão de contar connosco para representar o CDS por não serem esses os ideais políticos que defendemos.

Aguardamos ainda com serenidade que os órgãos disciplinares distritais do partido reúnam e se pronunciem sobre o teor das declarações proferidas e que em função das mesmas ajam em conformidade, relatando todos os factos aos órgãos nacionais do partido para que possam atuar junto do militante referido.

Por último, pretendemos vincar todo o nosso apoio e solidariedade ao Hélder Amaral, fazendo votos para que continue a desenvolver o seu trabalho e a exercer as suas funções nos órgãos locais e nacionais para os quais foi democraticamente eleito.

Viseu, 3 de Setembro de 2018

A CPC»

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.