Deputados do PS discordam do encerramento de balcões dos CTT no distrito de Viseu

0
365

Os deputados do PS José Rui Cruz e Lúcia Araújo Silva, eleitos pelo círculo de Viseu, pediram ao Governo para tentar sensibilizar o conselho de administração dos CTT para não encerrar o único balcão localizado na sede do concelho de Oliveira de Frades, bem como o único balcão dos CTT do concelho de São João da Pesqueira.

Ora, Oliveira de Frades, constituído por oito freguesias, “seguiu a senda do progresso, da industrialização e da modernização, está dotado de um complexo industrial de referência com empresas de notoriedade nacional e internacional”, recordam os socialistas.

“Dispõe ainda de diversos equipamentos sociais, culturais, educativos e desportivos capazes de atrair diversas faixas etárias, nomeadamente as mais jovens, na procura de emprego, de melhores condições de vida”, apontam.

Já o concelho de São João da Pesqueira engloba dez freguesias, sendo a agricultura a principal atividade económica. “O concelho de São João da Pesqueira é o maior produtor nacional de vinho do Porto e DOC Douro, produzindo também o azeite e a amêndoa”, sublinham os deputados.

José Rui Cruz e Lúcia Araújo Silva lembram que “desde 2013 temos assistido ao persistente e contínuo encerramento de balcões dos CTT por todo o país, que não podemos dissociar do seu processo de privatização e da sua obsessiva missão de corresponder aos propósitos dos seus acionistas privados”.

Uma vez que a “ANACOM aprovou recentemente os objetivos de densidade de rede postal e de ofertas mínimas de serviços que os CTT deverão cumprir até 2020”, os deputados do PS ficaram surpresos com “esta alegada intenção de encerramento”. Os parlamentares consideram-na “pouco fundamentada” por ignorar a realidade socioeconómica do território e a sua estratégia de desenvolvimento.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.