“É verdade! Fui chamado para bispo auxiliar do Porto” – palavras de D. Armando Domingues.

0
346
D. Armando Esteves Domingues, D. Ilídio Leandro e D. Nuno Almeida (Foto de 6 de novembro de 2011 aquando da inauguração da Igreja do Viso - Letras e Conteúdos)

Através do seu perfil no Facebook o nomeado bispo auxiliar do Porto, D. Armando Domingues, deu nota, neste domingo, dia 28 de outubro, da sua nomeação, referindo “é verdade! Fui chamado para bispo auxiliar do Porto”.

Foi com estas duas frases que o pároco do Viso, concelho de Viseu, padre Armando, se dirigiu aos seus seguidores e amigos.

E a publicação do bispo auxiliar do Porto, que entretanto já foi ao Porto, conforme deu nota nesta segunda-feira, prossegue referindo aquilo que o move, que é “a grande descoberta da vida e que revolucionou a minha juventude: DEUS É AMOR!”

“Confiado neste Amor Maior, prometi dar e continuo a tentar dar a vida onde a vontade de Deus me levar. Não me pertenço e, daí, o meu SIM é também de todos os que me ajudaram a ser o que sou e me vão ajudar com a oração a ser o que devo ser”, refere ainda.

Finalmente o futuro bispo refere que pede “a Maria, a Mãe de Jesus, que me ensine a fazer como ela: junto à cruz, perder o que de mais precioso tinha, o seu Filho querido, para abraçar a humanidade inteira. Conto convosco”.

Diocese do Porto saúda D. Armando Domingues

Entretanto na sua página oficial a diocese do Porto, depois de publicar a biografia do nomeado bispo auxiliar do Porto, D. Armando Domingues, publicou um agradecimento e uma saudação assinada pelo bispo do Porto, D. Manuel Linda. Agradecimento a quem parte, D. António Taipa, por ter atingido a idade de resignação, e uma saudação a quem chega, D. Armando Esteves Domingues.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.