Mangualde | Entrudo de Quintela de Azurara quer-se candidatar a “património cultural imaterial”

0
416

A Câmara Municipal de Mangualde e a Junta de Freguesia de Quintela de Azurara decidiram avançar conjuntamente com o estudo antropológico do Entrudo de Quintela de Azurara, revelou a autarquia através de nota à comunicação social.

O estudo das seculares tradições desta manifestação popular, será efetuado nos próximos meses, pela professora Vera Marques Alves, doutorada em Antropologia pelo ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa e poderá no futuro culminar com uma candidatura para inventariação como Património Cultural Imaterial, junto da Direção Geral do Património Cultural. O trabalho de recolha e de estudo já se iniciou no passado dia 2 de março de 2018, refere ainda a nota da câmara de Mangualde.

“Recorde-se que a freguesia Quintela de Azurara, voltou a fazer jus aos seus costumes de Carnaval com momentos que recordaram tradições seculares, de 20 de fevereiro a 5 de março. A fogueira, as Papas de Milho, a Sacada e o Enterro do Entrudo, foram os pontos altos das festividades que, ao longo de vários dias, animaram as ruas daquela localidade. Os “Casamentos” dos Compadres abriram os festejos”, refere-se, finalmente.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.