Falta de enfermeiros no Douro Sul nas preocupações do CDS PP.

0
442

Hélder Amaral quer saber quando é que serão contratados enfermeiros para o Centro Hospitalar de Trás os Montes e Alto Douro

Numa pergunta enviada à Ministra da Saúde, o deputado do CDS-PP Hélder Amaral quer confirmação de que as duas enfermeiras que estavam em mobilidade na Unidade de Cuidados na Comunidade de Lamego, do Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) do Douro II – Douro Sul, foram notificadas para regressar ao Centro Hospitalar de Trás os Montes e Alto Douro (CHTMAD), e de que o ACES Douro Sul está, neste momento, sem cuidados de enfermagem de reabilitação no domicílio, estando assim prejudicados 18 utentes com mobilidade muito reduzida, revelou o CDS PP através de comunicado.

O deputado questiona ainda o que falta para que o CHTMAD seja autorizado a contratar novos profissionais.

O CDS revelou que “de acordo com notícias veiculadas nos últimos dias, duas enfermeiras que estavam em mobilidade na Unidade de Cuidados na Comunidade de Lamego, do Agrupamento de Centros de Saúde [ACES] do Douro II – Douro Sul, terem sido notificadas para regressar ao Centro Hospitalar de Trás os Montes e Alto Douro (CHTMAD), a sua instituição de origem”.

“Uma das enfermeiras é especialista em reabilitação e prestava cuidados no domicílio a 18 utentes com mobilidade muito reduzida, que agora estão privados desses mesmos cuidados. A segunda enfermeira estava no Centro de Saúde de São João da Pesqueira e a sua saída agrava ainda a situação deste concelho do interior do país”, acrescentaram ainda os centristas.

“Segundo um responsável do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses o CHTMAD não foi, até à data, autorizado a contratar dois enfermeiros para substituir estas duas profissionais que estavam em mobilidade no ACES Douro Sul, o que veio agudizar as dificuldades no acesso aos cuidados de saúde primários por parte da população de Lamego e São João da Pesqueira”, refere o CDS.

O CDS-PP entende que a falta destas duas profissionais prejudica toda a região do Douro Sul, e em particular os concelhos diretamente afetados, tanto mais que se trata de uma região interior constituída por populações frágeis e desfavorecidas.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.