Festival “Somos Douro” vai passar por Sernancelhe para celebrar Aquilino Ribeiro

0
589
(Foto: Dão e Demo ©)

O festival SOMOS DOURO vai passar por Sernancelhe, no dia 6 de junho, para um roteiro orientado a partir das 15h30 pelo historiador e antropólogo Alberto Correia.

Esta sessão insere-se “na iniciativa SOMOS DOURO, promovida pela CCDR-N, a Comunidade Intermunicipal do Douro e a Liga dos Amigos do Douro Património Mundial no âmbito da classificação do Alto Douro Vinhateiro Património Mundial” e vai envolver os 19 municípios da CIM Douro, segundo avança a própria Comissão de Coordenação do Norte.

Esta sessão, em Sernancelhe, vai centrar-se na celebração da “geografia física, literária e gastronómica do escritor Aquilino Ribeiro” a partir dos seus lugares, o Carregal onde nasceu Aquilino Ribeiro, as ruínas do mosteiro de Tabosa e a Lapa. O neto do autor, Aquilino Machado, acompanhará o passeio e entrará em diálogo com Alberto Correia.

Alberto Correia é “licenciado em História pela Universidade de Lisboa e tem pós-graduação em Antropologia Cultural pela Universidade do Minho. Além de ter exercido a profissão de professor de História, foi diretor do Museu Nacional Grão Vasco durante 18 anos e é autor de textos no domínio do património cultural e história local”.

De referir ainda que esta iniciativa que “desenhada para envolver a população do território” constituída por fóruns, conversas, roteiros, oficinas e espetáculos a desenvolver nos 19 municípios da CIM Douro é comissariada por Anabela Mota Ribeiro, jornalista natural da região.

Recorde-se que em Moimenta da Beira, como Dão e Demo já referiu, a sessão integrada no Somos Douro decorrerá a 12 de junho no auditório Padre Bento da Guia e andará em torno do tempo histórico na obra “Quando os lobos uivam” de Aquilino Ribeiro e será dinamizada pela historiadora Irene Flunser Pimentel, prémio Pessoa 2007.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.