JSD de Viseu com novos dirigentes.

0
1263

No dia 9 de março, realizou-se, pelas 21.00 horas, a cerimónia de tomada de posse dos órgãos concelhios da JSD Viseu, eleitos para o biénio de 2019/2021, no Solar do Vinho do Dão, conforme Dão e Demo havia noticiado.

Adolfo César Pereira, tomou posse como presidente da comissão política, após a vitória no processo eleitoral que decorreu em fevereiro, assumindo também funções Bruno Faria como presidente da mesa do plenário.

No Solar do Vinho do Dão, “com a presença de 150 pessoas, Adolfo César Pereira assumiu querer trabalhar, com a sua equipa, para aproximar a juventude viseense da política”, revelavaram os jovens sociais democratas.

Como primeiras propostas a desenvolver no o mandato o presidente da comissão política referiu “a renovação da imagem da JSD Viseu, a dinamização ativa das plataformas digitais e o contacto próximo com as pessoas, que vai acontecer através de roteiros pelas freguesias e em visitas às escolas, de modo a ouvir os jovens e perceber as suas necessidades”. Adolfo César Pereira deixou expresso que a JSD “quer assumir as rédeas do pensamento e debate político dentro da estrutura jovem de Viseu”.

A cerimónia de tomada de posse contou com a presença de Almeida Henriques, presidente da Câmara de Viseu, que caracterizou a JSD como “uma boa escola de formação para os jovens”. No seu discurso, felicitou a nova equipa da Comissão Política e da Mesa do Plenário e lembrou que “as estruturas políticas estão ao serviço da população”. O presidente da Câmara Municipal reconhece que “os jovens estão mobilizados para a vida cívica” e quer que a JSD Viseu “seja um exemplo para a cidade, através da interatividade e do contacto próximo com as pessoas”.

Pedro Alves, presidente da comissão política distrital do PSD Viseu e deputado da Assembleia da República, deixou um desafio à nova equipa: “a estrutura tem de ser inconformista e deve ter uma consciência crítica em relação ao partido”. Reconheceu que “a JSD deve ser um espaço de liberdade política” e que existe “um compromisso público com os cidadãos ao intervir no espaço público com ideias e moções”. Declarou ainda que “é preciso determinação para trabalhar e para se conseguir uma proximidade com a juventude”.

Joaquim Seixas, presidente da comissão política de secção do PSD Viseu, dirigiu a sua mensagem à nova equipa dizendo que “é preciso irreverência no debate político” e que “a juventude tem um estatuto especial no debate crítico de um concelho”. Reconheceu que “a JSD tem conseguido contagiar o partido e a comunidade e que é necessário trabalhar para trazer mais jovens para a vida política”. Lançou o desafio de a JSD Viseu “assumir uma boa dinâmica interventiva no conselho municipal da Juventude e conseguir ter uma voz presente e crítica para o concelho”.

Guilherme Duarte, vice-presidente da comissão política nacional da JSD e presidente da comissão política distrital da JSD Viseu, veio, por sua vez, reconhecer que, “há dificuldades em atrair jovens para a política” e que “o desafio para todas as concelhias do país, atualmente, é conseguir criar proximidade com os jovens, para os ouvir e transmitir as suas opiniões aos responsáveis políticos da região”. Ao finalizar o seu discurso desejou que a JSD Viseu realize um bom trabalho.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.