Livro “O carteiro” de Rebelo Marinho vai ser apresentado na Casa da Cultura de Sátão

0
207

Está aprazada para dia 15 de dezembro a apresentação do livro “O carteiro” de Joaquim Rebelo Marinho.

A apresentação do livro, que conta com a chancela dasEdições Esgotadas, está prevista para as 15:00 e será efetuada por Ana Albuquerque, Isabel Segorbe e Paulo Neto, professores da área da literatura, todos com ligações ao Sátão.

Na sinopse do livro, que conta com prefácio de Fernando Seara, segundo a Rua Direita, pode ler-se que “O Carteiro é um livro de memóriaslongínquas, ainda fotografias vivas e magoadas no presente, que remontam aostempos da 1ª República e do Estado Novo, sobressaltados e revoltosos osprimeiros, sombrios e encarcerados os últimos”.

Capa do livro.

“É também uma história prenhe de feridas e verrinas, que recupera vivências tumultuosas e acidentadas de uma família rural, conservadora, numerosa e profundamente entregue os mistérios da religião, confundida e destroçada por um acidente inesperado, ao mesmo tempo que nos reconduz aos hábitos e costumes, as romarias, o pão cozido no forno do povo, as segadas e a matança do porco, em uso na aldeia beirã de Vide, Vila da Rua, e nos descreve as paisagens docemente agrestes e frias da região única e singular das Terras do Demo”.

A sinopse acrescenta ainda que “o autor, numa linguagem acessível e fluente, fixa a atenção dos leitores, conduzindo-os pelos caminhos cruzados de amores e desamores, de sonhos e pesadelos, de frustrações e superstições, que ensombraram vidas sonhadas e encurtaram futuros de João Júnior, carteiro de profissão, e Maria José, mulher e mãe, por vocação, os personagens centrais da história, à volta de quem todo o enredo se desenrola”.

Rebelo Marinho, o autor.

Quanto ao autor, Joaquim Manuel Rebelo Marinho, tem 63 anos, é professor no Agrupamento de Escolas de Sátão e tendo-se dedicado há muitos anos às causas dos bombeiros. Atualmente é presidente da assembleia geral dos bombeiros voluntários de Sátão, onde já foi, igualmente, presidente da direção. No distrito foi presidente da federação distrital de bombeiros e a nível nacional foi presidente do serviço nacional de bombeiros e diretor da escola nacional de bombeiros.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.