“O meu avô Aquilino nasceu no dia 13 de Setembro de 1885”

0
441
Photomaton de Aquilino Ribeiro de chapéu de feltro e um cigarro ao canto da boca: 1928 (Foto: Aquilino Machado)

Corria o ano de 1885 quando a 13 de setembro nasceu no Carregal, concelho de Sernancelhe, esse grande vulto da literatura portuguesa da primeira metade do século XX, Aquilino Ribeiro.

Com uma vida intensa, lutador por causas, Aquilino conheceu o exílio por diversas vezes para fugir das investidas dos poderes que conviviam mal com os valores que em que ele acreditava e que difundia através dos livros que escrevia.

Aquilino que havia de se imortalizar imortalizando as Terras do Demo deixou uma vastíssima obra que a Bertrand e muitas autarquias da região têm vindo a reeditar.

Dão e Demo, que também bebeu ‘metade’ do seu nome nas Terras do Demo, território que tentamos acompanhar em termos noticiosos, não podia, hoje, data do seu nascimento, deixar de lhe prestar uma homenagem ainda que singela.

Ei-la, a transcrição do texto e da foto que o seu neto, Aquilino Machado, hoje colocou na sua página do Facebook:

«O meu avô Aquilino nasceu no dia 13 de Setembro de 1885.

Ao longo da sua vida afeiçoou um cortejo poderoso de recursos duradouros de “forte dimensão genesíaca” que renasce a cada leitura que realizamos.

Uma aventura maravilhosa e inextinguível de paisagens literárias e emocionais. Um extraordinário roteiro de andarilho com cento e trinta e três anos de idade.

[photomaton de Aquilino Ribeiro de chapéu de feltro e um cigarro ao canto da boca: 1928]»

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.