O que fazer em caso de incêndio florestal?

0
231

“As pessoas devem cumprir com as instruções dadas e não devem nunca voltar atrás, para uma área já evacuada”

A Guarda Nacional Republicana, perante as ocorrências de incêndios florestais que se têm verificado, com maior incidência na região algarvia, vem alertar e aconselhar a população em geral, para a necessidade de cumprir com as indicações e orientações das autoridades, principalmente nos procedimentos a adotar em caso de evacuação.

Em caso de evacuação preventiva, por indicação das autoridades, “as pessoas devem cumprir com as instruções dadas e não devem nunca voltar atrás, para uma área já evacuada. Devem manter a calma, auxiliar crianças, idosos ou familiares com limitações de mobilidade e levar os seus animais de companhia. Não devem perder tempo a recolher objetos desnecessários e, se possível, deixar acesas as luzes exteriores da habitação”, avança a GNR.

Relativamente à circulação rodoviária, importa respeitar e seguir as instruções da GNR e nunca adotar comportamentos de risco, como inverter o sentido de marcha nas autoestradas. As situações de emergência ocorrem inesperadamente, como a aproximação do fogo ou a perda de visibilidade devido ao fumo. Nessas situações, os condutores devem manter a calma, acionar as luzes de perigo e imobilizar os veículos a uma distância segura da fonte de perigo. Devem de imediato comunicar com as autoridades através do 112 e deixar a berma livre para que os veículos de emergência possam circular.

A GNR, para além de estar a combater diretamente os incêndios através das forças do GIPS, reforçou o patrulhamento nas zonas mais afetadas pelos incêndios, com a principal preocupação de garantir a segurança das pessoas.

A GNR solicita para serem respeitadas as indicações dos militares da guarda pois “eles estão lá para o ajudar”.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.