Pai e filho detidos em Viseu por “estarem a burlar um casal de idosos”

0
2468

Tinham 54 e 32 anos, eram pai e filho, e foram detidos pela Polícia de Segurança Pública de Viseu, através da Esquadra de Investigação Criminal, na manhã do dia 31 de agosto de 2018, por estarem a burlar um casal de idosos nas imediações de uma grande superfície comercial de Viseu.

“Os cidadãos foram detidos depois de esta Polícia ter sido alertada por um funcionário da referida superfície comercial, por considerar que a abordagem que haviam efetuado a um casal de idosos foi suspeita”, avança a PSP.

“Isto é, alguns idosos já foram alvo de burla no referido local, onde os suspeitos, por norma dois homens, que se fazem transportar num veículo automóvel, sem sair do seu interior, abordam pessoas idosas fazendo-se passar por conhecidos de pessoas amigas ou de família e depois levam-nos a adquirir produtos, de casa/lar, de baixo valor por valores muito superiores ao valor de mercado ou mesmo fazendo crer que estariam a comprar produtos e quando abrem as caixas verificam que no seu interior estão outros produtos sem qualquer valor”, acrescenta ainda a nota da PSP.

“Neste tipo de ilícito criminal, os criminosos após estabelecerem contacto e ganharem a confiança dos idosos, aproveitam-se da sua vulnerabilidade e da falta de conhecimento sobre o valor real dos produtos e acabam por enganá-los e, consequentemente, prejudicando-os no seu património”, especifica a polícia de Viseu.

E a PSP refere ainda que “os detidos fazem deste tipo de crime modo de vida e praticam-no em coautoria, visto a PSP ter o registo da prática de cinco crimes semelhantes no corrente ano em diversos locais do norte do país”.

Os detidos foram notificados para se apresentarem no dia de hoje no Tribunal Judicial desta cidade de Viseu a fim de serem interrogados em Primeiro Interrogatório Judicial.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.