Penalva do Castelo | Maçã Bravo de Esmolfe foi mais uma vez a rainha da festa

0
1912
Francisco Carvalho e Rosa Monteiro, presidente da câmara e secretária de estado (Foto: Dão e Demo)

Teve lugar durante a manhã deste domingo, 21 de outubro, mais uma edição da feira e festa da “melhor maçã do mundo”, como dizem os penalvenses, a maça Bravo de Esmolfe.

Com a presença Rosa Monteiro, secretária de estado para a Cidadania e a Igualdade, Francisco Carvalho, o presidente da autarquia de Penalva do Castelo, liderou a comitiva que, de stand em stand, cumprimentou os produtores e provou as rosadas maçãs, aquelas que nunca deixam de se fazer notar face ao aroma que libertam.

(Foto: Dão e Demo)

E assim foi, depois da “Maria da Fonte com as pistolas na mão”, interpretada pela banda de Penalva do Castelo, e da visita aos stands foi a vez dos protagonistas subirem ao palco e dizerem de sua justiça face ao excelente produto que ali todos levou, a Esmolfe, ao largo de Santo Ildefonso.

Rogério Craveiro, o presidente da junta de Esmolfe, orgulhoso, abriu as ‘hostilidades’ dando as boas vindas todos. Seguiu-se Rogério Martins, da Felba, que enalteceu o trabalho desenvolvido em Penalva e apelou a um trabalho em rede de todos os agentes na defesa e promoção dos produtos endógenos. Adelina Martins e Pedro Machado, diretora regional da Agricultura e presidente do Turismo Centro de Portugal, deixaram uma mensagem de colaboração e da enorme importância da maçã numa estratégia de desenvolvimento económico. Finalmente, Francisco Carvalho, a ‘jogar em casa’, agradeceu aos produtores, enalteceu o seu trabalho duro e diário e deixou um recado ao Governo, na pessoa da secretária de estado, ali presente, que no fundo se pode resumir a “não encerrem o interior”, a propósito do encerramento de lojas dos CTT que estão a acontecer em vários concelhos, exemplificando com o caso de Aguiar da Beira.

Rosa Monteiro, a secretária de estado, a finalizar, revelou levar a ‘lição bem estudada’ ao elencar, quase uma a uma, as últimas obras levadas a cabo no concelho, desde as áreas ambientais, loja de cidadão, apoio social, e, obviamente, deixou também uma palavra muito empenhada de apoio aos autarcas na sua luta pelas causas de desenvolvimento dos seus territórios, referindo que o Governo está atento e que criou, inclusivamente, a secretaria de estado da Valorização do Interior.

No final Francisco Carvalho brindou a secretária de estado, Rosa Monteiro, com uma lembrança do município.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.