Santana Castilho estará nas jornadas de formação do Agrupamento de Escolas de Sátão | Inscreva-se.

0
428
Escola Secundária Frei Rosa Viterbo de Sátão.

Nos próximos dias 9 e 16 de março, vão decorrer as terceiras Jornadas de Formação do Agrupamento de Escolas de Sátão, com o tema “Pensar globalmente, agir localmente”, estando assegurada a presença de Santana Castilho, docente do ensino superior.

As Jornadas, acreditadas como um curso de formação com 12 horas de formação, organizadas em parceria com o Centro de Formação EduFor, decorrem no Cineteatro Municipal de Sátão.

“Com estas jornadas pretende-se corresponder a uma necessidade de atualização e de formação em áreas consideradas pertinentes, promovendo o debate aberto, que gera ideias e posturas que conduzam a novas estratégias e iniciativas, sobretudo no contexto atual com a adesão ao Projeto de Autonomia e Flexibilidade Curricular, e centrado no tema aglutinador “Cuidar da casa comum”, das relações consigo mesmo às relações com o mundo”, revelou o responsável pela organização destas jornadas, Luís Carlos Figueiredo Sousa.

São destinatários: Educadores de Infância e Professores dos Ensinos Básico e Secundário e Professores de Educação Especial.

Inscrições e outras informações no site do Centro de Formação Edufor (edufor.pt).

PROGRAMA DO DIA 9 DE MARÇO

8:45h Receção dos participantes e distribuição de pastas

9:00h Sessão de Abertura:  Diretora do Agrupamento de Escolas de Sátão | Diretor do Centro de Formação EduFor | Presidente da Câmara Municipal de Sátão

9:15h Conferência: “Para uma ecologia das relações humanas”, por Doutora Helena Castro – Diretora AE Sátão, seguida de debate.

Intervalo (Coffee Break)

11:15h Conferência: “Cuidar do Sistema Terra: o desafio do Antropoceno – uma perspetiva geológica”, por Doutora Helena Sant’Ovaia – Universidade do Porto, seguida de debate.

Almoço (livre)

14:30h Conferência: “Do micro ao macro em termos ambientais”, por Doutor Manuel Fiolhais – Universidade de Coimbra, seguida de debate.

Intervalo

16:00h Conferência: “Os efeitos colaterais da avaliação: avaliar para conhecer ou para excluir”, por Doutora Florbela Soutinho – Doutorada em Ciências de Educação, seguida de debate.

PROGRAMA DO DIA 16 DE MARÇO

9:00h Conferência: “Cidadania e sustentabilidade”, por Doutor José Carlos Sousa – Diretor de Serviços de Projetos Educativos da DGE, seguida de debate.

9:45h Conferência: “Cidadania e Desenvolvimento pessoal”, por Doutor Nuno Archer de Carvalho – Coordenador do Plano de Formação Humana do Colégio Pedro Arrupe, seguida de debate.

Intervalo (Coffee Break)

11:30 Conferência: “Implicações do Projeto de Autonomia e Flexibilidade Curricular na organização das escolas e nas práticas”, por Doutora Ariana Cosme – Universidade do Porto, seguida de debate.

Almoço (livre)

14:30h  Conferência: Avaliação das/para as aprendizagens: notas em torno de uma “avaliação flexível”, por Doutor Eusébio André – Universidade Portucalense, seguida de debate.

Intervalo

16:00h  Conferência: “Entre a Pedagogia e a Política, que Futuro para a Educação? Respostas simples para algumas questões complexas”, por Doutor Santana Castilho – Professor do Ensino Superior, seguida de debate.


pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.