Reedição do livro “O Malhadinhas” foi apresentada em dia de Feira de Barrelas

0
815

A Feira de Barrelas, 19 de maio, foi o dia escolhido pelo presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Paiva, José Morgado, para apresentar a reedição do livro “O Malhadinhas”, ou não se tratasse de uma obra de Aquilino Ribeiro, ele que tão bem a ‘pintou’ nos seus livros.

Grupo de Bombos de Pendilhe

Numa edição da Bertrand, esta obra, agora dada à estampa, tem prefácio de Maria Alzira Seixo e foi apresentada por Maria Eugénia Tavares Pereira, professora da Universidade de Aveiro.

Orquestra Cem Notas.

Mas nesta apresentação, que teve lugar no auditório municipal Carlos Paredes, interveio, igualmente, Paulo Neto, diretor da revista Aquilino e aquiliano de sempre, que deixou o repto para a reedição pelas autarquias das terras do demo de outras obras de Aquilino. Intervieram ainda Aquilino Machado, neto do mestre, e interveio Eduardo Boavida, em representação da Bertrand Editora.

A fechar intervieram os presidentes das câmaras de Sernancelhe, Carlos Silva, de Moimenta da Beira, José Eduardo Ferreira e José Morgado, presidente de Vila Nova de Paiva, tendo os autarcas deixado bem patente a importância de Aquilino Ribeiro para a região e a vontade das autarquias a que presidem de continuarem a dar um forte impulso na promoção da obra de Aquilino.

Rancho Folclórico de Moimenta da Beira.

Simultaneamente foram inauguradas exposições sobre Aquilino Ribeiro, com painéis e quadros e uma com edições autogradas pelo próprio Aquilino Ribeiro.

Antes da sessão solene atuou o grupo de bombos de Pendilhe, o rancho folclórico de Sernancelhe e o trio de instrumentistas da orquestra “Cem notas”.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.