Sernancelhe | Lamosa dispõe desde início deste mês de uma exaustiva monografia.

0
462
Paulo Neto, que prefaciou e apresentou a obra (Foto: Rua Direita)

Lamosa, uma das freguesias de Sernancelhe, bem no coração das Terras do Demo, dispõe desde início de dezembro de uma monografia
“Lamosa – História de uma Aldeia Serrana”, da co-autoria de João Carlos Pina da Costa e Carlos de Oliveira Silva.

O espaço escolhido para a apresentação, que teve lugar no dia 8 de dezembro, foi a Casa da Compradeira, cuja proprietária “nos confessou intentar fazer dele um lugar para eventos culturais, estava cheio. Lamosenses, autarcas, familiares dos autores juntaram mais de 80 pessoas entusiasmadas por acederem à obra em questão”, revela a plataforma Rua Direita.

Capa do livro.

Presentes estiveram, da freguesia, o seu presidente da Junta, mas também o da vizinha Soutosa e Tabosa e a autarquia fez-se representar pelo seu presidente, Carlos Silva Santiago, o presidente da AM, José Agostinho, o vice-presidente Carlos Santos e o vereador Hélder Lopes, refere a Rua Direita, que acrescenta que também estiveram o vigário-geral da Diocese de Lamego, Monsenhor Joaquim Rebelo e o pároco local.

“Na aprazabilidade do espaço e casa cheia, Francisco Santos, presidente da JF local deu as boas vindas. Seguiu-se-lhe Paulo Neto, director da revista literária “aquilino” que, tendo prefaciado a obra, a co-apresentou seguido dos autores, o professor de filosofia João Carlos Pina Costa e o advogado Carlos de Oliveira Silva. Encerrou a sessão Carlos Silva Santiago, fazendo um rasgado elogio à Cultura e à Educação ali presentes, duas marcas sempre presentes também no seu agir autárquico”, conclui a Rua Direita, que deixa uma última palavra para avançar que “actuou o Rancho Folclórico de Lamosa, seguiu-se uma sessão de autógrafos e um “rijo” Terras do Demo de Honra”.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.