Socialistas da Guarda congratulam-se com abertura de 10 vagas para médicos no distrito

0
134

Os socialistas da Guarda, através do presidente da federação distrital, Pedro Fonseca, congratularam-se com a abertura de 10 vagas para médicos no distrito da Guarda, para centros de saúde e hospitais.

Na Conferência de Imprensa sobre a saúde na Guarda que decorreu esta quarta-feira, dia 19 de dezembro, na sede distrital do PS Guarda, o presidente da federação, Pedro Fonseca, sublinhou que a saúde constitui uma área prioritária para o Governo Socialista, lembrando que, na atual legislatura, o Serviço Nacional de Saúde recebeu mais 8500 profissionais e em 2019 beneficiará de um reforço de investimento na ordem dos 500 milhões de euros.

“Hoje, o Governo Socialista deu mais uma prova inequívoca de que a saúde constitui uma área prioritária da sua ação política, com a abertura de concurso para a contratação de mais 413 médicos para o Serviço Nacional de Saúde. Estas novas contratações têm como objetivo garantir progressivamente às populações um número de médicos adequado às suas necessidades”, refere Pedro Fonseca.

“A ULS da Guarda será contemplada com um total de 10 vagas: quatro médicos de Clínica Geral para os Centros de Saúde de Figueira de Castelo Rodrigo, Manteigas, Pinhel e Seia; e seis médicos para os hospitais, abrangendo as especialidades mais carenciadas, incluindo a cardiologia e a ortopedia”, especificou o presidente da federação socialista da Guarda.

Finalmente, Pedro Fonseca, referiu, na defesa da afirmação da ULS da Guarda enquanto referência regional ao nível da saúde, que “o reforço da coesão territorial, cada vez mais centrado na necessidade de valorização do interior, também se faz pelo investimento na saúde, com mais profissionais e mais e melhores infraestruturas e equipamentos”.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.