Socialistas de Viseu querem mais três equipas de sapadores florestais para o concelho

0
188
(Foto: MM)

Os vereadores do PS na câmara municipal de Viseu dizem que “no mínimo, o território do concelho necessitaria de cinco equipas de sapadores florestais para a prevenção e primeira intervenção no combate aos incêndios florestais”. Ora, atendendo a que “neste momento estão operacionais apenas duas equipas” ficarão a faltar três.

A fundamentação para esta posição dos socialistas tem a ver com o facto de “o concelho de Viseu possui uma área de floresta muito considerável, correspondendo a 56,2 % (28 502ha) da área total”. E referem mesmo que “metade das freguesias do concelho, sobretudo a norte, estão classificadas como prioritárias na defesa contra incêndios, sendo mesmo três de primeira prioridade”.

Face a esta situação e aos factos apresentados os vereadores do PS, Lúcia Silva, Pedro Baila Antunes e José Pedro Gomes, referem que “o executivo municipal devia ser mais ativo e usar o seu poder de influência nesta área da gestão da floresta e prevenção de incêndios”. E concretizam, “por exemplo, a CMV financia – num ano mais de 200 mil euros – a associação florestal que tem o exclusivo de sapadores para grande parte do território. Refira-se que algumas freguesias já manifestaram a intenção de criar uma equipa de sapadores, ao que foram impedidas face a este exclusivo”.

E sobre este assunto, que os socialistas referem estar a abordar “antes do período crítico de incêndios florestais”, deixaram ainda uma palavra para o Gabinete Técnico Florestal do município de Viseu que disseram estar a ter uma “atuação demasiado silenciosa”.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.