Somos todos parvos ou uma vaca leiteira?

0
319
Paulo Neto - colaborador Dão e Demo

Por: Paulo Neto

Aquele presidente da república gaulesa, o jeitosinho Emmanuel Macron, determinou que em França a limitação de velocidade, nas estradas departamentais ( o equivalente ás nossas EN), passa de 90 km/h para 80 km/h. É um direito que lhe assiste… Porém, logo de seguida, saboroso como um queijo Emmental ou Camembert, para enfeitar o discurso, saiu-se com esta pérola:

“O dinheiro recebido com as multas irá para os hospitais tratarem dos feridos na estrada…”

Claro que podia evitar gastar os “francos” melhorando as redes viárias, a sinalização rodoviária, os rails para motociclistas, melhorando o ensino nas escolas de condução, prevenindo a alcoolémia, baixando os impostos sobre veículos, etc.

Em Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, que mete este “astérix” num chinelo, nunca diria isto…

Mas nós, portugueses, que por cada litro de gasóleo fazemos uma “doação” ao Estado de mais de 80 cêntimos;

nós que temos os automóveis mais caros da Europa, porque o Governo saca “fortunas” em cada carro novo vendido;

nós que temos um parque automóvel velho e decadente, no geral;

nós que pagamos IUC, ISV e o que mais eles se lembrarem;

nós que, ao lado de boas estradas pagas pelos utentes a preços de ouro, temos alternativas estilo picada do Uganda;

nós que temos uma entidade chamada EP, cronicamente falida e sem €€€ para reparar os pisos degradados;

nós que temos estradas como a que liga Viseu ao Sátão, a 229 por mero exemplo, que é a vergonha de um país dito civilizado;

nós que temos uma qualquer-coisa-prevenção-rodoviária que se preocupa com o número de sinistrados mas esquece o que os sinistra;

nós que temos um IP3 que mata que se farta;

nós que temos combustíveis proibitivos e uma espécie de cartel triangular com os “gasolineiros” (empresas fornecedoras de combustíveis) de um lado, Estado do outro a sacar mais de 60% sobre cada litro de gasóleo e uma entidade reguladora do sector cega, surda e muda;

Nós somos o úbere desta “maltesia” que, ademais, nos saqueia, se ri de nós e nos toma por PARVOS.

É lixado, pá!

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.