Viseu | Curta rodada em Covas do Monte, São Pedro do Sul, venceu Festival vistacurta

0
163
Foto: Trailler publicado pelo IFFR 2019

Na nossa coluna DITO NAS REDES de hoje publicamos a notícia do DN alusiva ao vencedor do Festival Vista Curta 2018 que teve lugar esta semana em Viseu.

A notícia publicada refere que a curta vencedora foi “Anteu”, do realizador João Vladimiro.

Eis o teor da notícia publicada no site do DN:

«A curta-metragem “Anteu”, do realizador João Vladimiro, venceu o prémio nacional do Festival Vista Curta 2018, promovido pelo Cine Clube de Viseu, que aborda a questão da interioridade, anunciou hoje a organização.

O filme foi rodado na aldeia de Covas do Monte, perto de São Pedro do Sul, no distrito de Viseu, com a participação dos habitantes e conta ainda com a colaboração de Frederico Lobo e Luís Palito na escrita do argumento e de Gonçalo M. Tavares na narração.

Na categoria local, dedicada aos filmes realizados no distrito de Viseu ou por autores do distrito, venceu a curta-metragem “Sheila”, de Gonçalo Loureiro.

Rodrigo Francisco, presidente do Cine Clube de Viseu, destacou à agência Lusa “a qualidade” das duas dezenas de curtas-metragens em competição na oitava edição do Festival Vista Curta.

“Esta foi a edição que teve uma programação alargada a mais dias e mais abrangente em sessões, atividades, exposições e aulas de cinema e que, naturalmente, também registou a melhor participação de público”, salientou.

Um fator que Rodrigo Francisco considerou “ótimo para o cinema de Viseu, uma região que tem perdido salas” e consequentemente filmes em exibição, sobretudo de produção nacional “que é raro encontrar em salas”.

“É um esforço que é feito em Viseu para trazer os realizadores e os filmes à região e ainda por cima haver mais público interessado diz-nos que foi uma edição do festival bem dinamizada”, referiu.

Cada uma das curtas-metragens premiadas recebe um valor pecuniário de 1.500 euros.

O Festival Vista Curta “aposta na produção independente, maioritariamente regional, mostrando também a produção nacional que interpela a interioridade, refletindo a importância de uma prática política e artística no cinema”.»

Foto: Trailler IFFR 2019

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.