Viseu | Queria ser padre mas virou assaltante de capelas e sacristias; acabou por ser identificado pela GNR

0
3336
(Foto: Dão e Demo)

Na nossa coluna DITO NAS REDES de hoje trazemos um artigo publicado no site da revista Sábado em que conta a “história” de um jovem que queria ser padre e virou ladrão.

Eis o artigo publicado sob o título “Jovem queria ser padre mas virou ladrão” publicado à 1:30 deste domingo, 6 de janeiro:

A GNR de Viseu identificou um jovem de 22 anos suspeito da autoria de vários furtos em capelas e sacristias em aldeias dos arredores da cidade. O suspeito sente-se frustrado por não ser padre, facto que confessou ao militares. “Não me deixam”, disse.

Na casa da avó tinha um altar, onde rezava missa e simulava a realização de procissões.

Desconhece-se se o jovem sofre de algum problema psíquico, mas aos investigadores da GNR que o identificaram assumiu-se como um “fanático pela religião cristã” e que fez tudo para ser padre.

Após vários assaltos a capelas localizadas em locais ermos e pouco movimentados, as suspeitas começaram a voltar-se para o jovem, sobretudo depois de ter sido visto por várias testemunhas a rondar uma das capelas que depois acabou por ser assaltada (…).

Para ler o artigo na íntegra ver site da revista Sábado.

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.